Eleições 2012: prefeito do Rio, defensor da agenda gay e simpatizante da entidade espírita ‘cacique cobra coral’, vai à igreja e saúda presentes com ‘a paz do Senhor’.

Eleições 2012: prefeito do Rio, defensor da agenda gay e simpatizante da entidade espírita ‘cacique cobra coral’, vai à igreja e saúda presentes com ‘a paz do Senhor’

Posted In Política & Religião – By Holofote.Net On terça-feira, março 27th, 2012 With 0 Comments
O Holofote.Net vem publicando desde 2011 vem se concretizando, em relação a aproximação de alguns líderes cristãos do Rio ao atual Prefeito Eduardo Paes (PMDB) com o objetivo de apoiar sua reeleição este ano.
O prefeito quer fazer o impossível: levar para o seu lado tanto o eleitorado evangélico quanto os ativistas gays.
Paes é reconhecidamente um dos maiores incentivadores da agenda do ativismo homossexual. Ele tem feito o possível para que o Rio de Janeiro se torne o maior destino mundial LGBT. O assunto já foi matéria em um dos maiores jornais ingleses, o  The Guardian.
A Prefeitura também lançou um site especial para proporcionar informações ao público gay.
Entidade espírita
O mesmo Eduardo Paes que nos verões costuma clamar pelo socorro da entidade espírita ‘cacique cobra coral’ (que diz ter poderes sobre a natureza) para ‘impedir’ que chuvas devastadoras caiam sobre o Rio, agora inicia sua peregrinação pelas igrejas, de olho no voto de cada evangélico.
A peregrinação pelas igrejas
No dia 08 de fevereiro de 2012 Paes participou de um café com centenas pastores, organizado pelo Conselho de Ministros Evangélicos do Estado do Rio de Janeiro (Comerj), realizado na Igreja Assembleia de Deus em Madureira. No evento, os presentes ouviram de um pastor de expressão nacional a seguinte frase: ”ele [o prefeito] tem lá seu negócio com o arco-íris [agenda gay], mas quem sabe ele pode até aceitar Jesus!” (é bom que se lembre que o atual prefeito de São Paulo,Gilberto Kassab, também “converteu-se” semanas antes das eleições, em 2008, em um culto. Na ocasião até prometeu à multidão ali presente em  dar um culto de ações de graças, caso vencesse as eleições. Kassab foi eleito e sequer apareceu para agradecer. Seu “culto de ações de graças” deu-se na parada gay de São Paulo, onde este presente, meses após assumir o mandato).
Em sua caminhada pelas igrejas, Paes esteve no domingo (25/mar) na Catedral da Igreja Universal do Reino de Deus, no bairro de Del Castilho. Diante da imensa multidão ali presente fez questão de usar uma saudação bem conhecida pelos evangélicos: “a paz do Senhor”. Falou de alguns projetos políticos e mostrou um vídeo sobre as obras que pretende fazer para revitalizar a Avenida Suburbana (onde localiza-se a Catedral da IURD).
A carta assinada pela candidata Dilma e nenhuma exigência a Paes
Na campanha Presidencial de 2010, diante da posição nebulosa da candidata Dilma Roussef em relação ao aborto, líderes e políticos evangélicos (inclusive vários do Rio) fizeram-na assinar uma carta comprometendo-se de que não trataria do assunto ‘aborto’ durante seu mandato (mesmo que tal compromisso esteja vagarosamente sendo descumprindo. A exemplo foi a nomeação da Ministra das Mulheres a qual disse que vai lutar para descriminalizar aborto). A mesma exigência não está se dando para o prefeito Eduardo Paes, em relação ao seu compromisso de alavancagem da agenda gay. Ou seja, o pensamento parece ser este: “é nosso interesse que ele ganhe, então façamos vistas grossas”.
‘Abençoando’ um pró-agenda gay e ‘lutando’ contra a agenda gay
Todas as lideranças evangélicas do Rio que se atrelam a Paes para que ele logre êxito e seja reeleito, são justamente as mesmas de sempre, sem exceção, que depois vão movimentar o povo  evangélico para participar de marchas e eventos contra os ideais do ativismo gay (kit gay, PL 122, ‘casamento’ gay, Estatuto da Diversidade Sexual, operação do SUS para transexualização, cota gay, etc …).
A estratégia deles é simples e política: “nós o elegemos, conseguimos nossos intentos e depois partimos para a oposição”.
‘Curral eleitoral’
Assim, de eleição em eleição o povo evangélico vai sendo usado para satisfazer anseios meramente pessoais e políticos, desses ou daqueles líderes evangélicos.
Em suma, enquanto o povo evangélico continuar sendo estigmatizado como uma massa de ignorantes políticos, isto sempre ocorrerá.
Sugere-se a leitura do artigo o qual mostra o ciclo repetindo-se no Rio: “O casamento gay foi legalizado no Brasil (vários pastores e padres do Rio tem participação nisto)”.
Vídeo de apologia ao homossexualismo para alavancar o Turismo Sexual Gay Internacional
 Fonte: Holofote.Net

Sobre ricardoribeiro4791

CONFERENCISTA RICARDO RIBEIRO Brazil Bacharel em Teologia, Mestrado em Missiologia (Incp.) Professor, Capelão Prisional e Militar em Alhandra-Paraíba. Conferencista Evangélico e Membro Procurador Seção Assembléia de Deus, da UNIPAS - UNIÃO INTERNACIONAL DE PASTORES E CAPELÃES VOLUNTÁRIOS, Sede New Jersey, USA. Prega desde os quatro anos de Idade, nascido e criado no Evangelho na Cidade de Recife-PE. Casado. CONTATOS PARA PREGAR EM EVENTOS: Orkut: ricardoribfra@gmail.com Email:ricardoribeiroconfcap_@hotmail.com, Fone:083-88752602, 99242891.
Esse post foi publicado em POLÍTICOS PRÓ-HOMOSSEXUALISMO. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s